Ser mãe

Image

Ser mãe é uma das maiores transformações da nossa vida.

Tenho quatro filhos, dois meninos e duas meninas, eles não só preencheram minha vida, como me fizeram alterar minha rotina, me trouxeram responsabilidades e muitas alegrias.

Quando afirmo que ser mãe é uma transformação, é porque passamos a dar valor a vida, a desfrutar das coisas simples dela e passamos a viver por esse serzinho. Nossas preocupações estão voltadas para o bem estar e desenvolvimento deles!

Fui mãe do meu primeiro filho Gabriel aos 18 anos, eu e meu esposo ainda eramos namorados, foi uma loucura quando descobri que estava gravida, tudo porque eu não estava preparada para essa transformação.

Passei uma gravides dividida pelo sentimento de alegria e rejeição.

As mudanças que ocorreram em meu corpo estenderam se a todo meu intelecto, e até mesmo na nossa relação homem e mulher.

Eu ainda estava no ultimo ano do colegial, os pesamentos ainda eram muito de menina. Mas fui firme e não parei de estudar, conclui o Ensino Médio.

Mas quando o Gabriel nasceu tive um pouco de depressão pós parto eu não conseguia muito me adequar com a realidade que estava vivendo.

Mas o tempo se passou eu ainda morava com minha mãe e quando o meu filho completou 5 meses fui morar com meu esposo (sem estar casada).

Me vi com a responsabilidade de cuidar de uma vida, de cuidar de uma casa, mas acredito que foi o melhor momento de todos, porque comecei a observar meu filho fui apreendendo a amá-lo a respeitá-lo eramos só nós dois, meu esposo trabalhava em outra cidade e só nos víamos nos fins de semana.

Foi neste momento que comecei a apreender o que é ser mãe!

Quando o Gabriel completou 6 meses descobri que esperava o João Victor, pensa na minha reação?! Pirei, achei que ficaria louca, mas não fiquei. Muito pelo contrário amadureci.

Cuidava deles com muito carinho, papinhas a moda antiga preparada com não sei quantos legumes, banho, parques de diversões, a hora do sono, suquinhos enfim…

Já não tinha tempo para dormir a qualquer hora ou quanto eu quisesse, os banhos tinham que ser rápidos e muitas das vezes com a porta aberta para vigia-los.

Eles cresceram sempre apresentando casos de inflamações e infecções que sempre os levavam a ficar internados,eu  já passava mais tempo nos hospitais do que em casa. Com 1 e meio ambos tiverem que ser submetidos até a cirurgias para reduzir os quadros inflamatórios.

Com o passar dos anos eles melhoraram e pude então ficar mais tranquila.

Mas aquela menina já havido ficado para trás…dando lugar a uma mulher e mãe.

Após 5 anos vieram as meninas com diferença de 2 anos e meio uma da outra.

Ouço muitos dizerem você é corajosa! Deus me livre 4 eu tenho 1 e já me dá tanto trabalho!

Eu posso afirmar que não planejei ter as 4 crianças, mas me sinto presenteada por Deus por elas.

Foi melhor que ganhar na mega sena, sabe porque ? Porque não a dinheiro no mundo que pague a experiência que elas me deram, a família linda que elas me proporcionaram.

O dom da vida é algo fantástico, somente nós mulheres possuímos. Já pensou nisso? Geramos outras vidas porque assim Deus nos concede o fazer.

Amo meus filhos, com eles apreendo todos os dias…

É um ato a ser pensado muito antes de traze-los ao mundo porque são para a vida toda!!!!

.

Anúncios

Faxina

Image

Sei que só de pensar neste tema: Faxina, ficamos cansadas.

Existe uma grande diferença entre faxina e boa limpeza!

Nem sempre existe força e disposição para iniciar e terminar uma faxina, pois a mesma requer dedicação, esforço e desprendimento.

Na faxina levantamos os moveis, arrastamos, jogamos água e sabão, esfregamos, organizamos, jogamos fora tudo que não tem mais utilidade, mas que insistimos em acumular.

Embora exaustas  após um dia de  faxina, nos sentimos ótimas e com uma sensação de dever cumprido.

Quem não gosta de uma casa limpinha? Pisamos até com a ponta dos pés para não marcar o chão, podemos sentir aquele perfume da limpeza, abrimos o guarda-roupa e não vem aquele monte de coisas em cima da gente, até o que estava perdido conseguimos encontrar.

É mas a faxina que eu quero falar não é a da casa e sim de nós mesmas e quando ela acabar tenha certeza que será maravilhoso e a sensação será de alívio e recomeço.

Hoje é dia de faxina!!

Acordei com uma imensa vontade de levantar a puera da minha vida, jogar muita água e sabão no meu interior para arrancar todas as crostas que estavam persistindo a anos como aquele bolor no vão do azulejo do banheiro que a gente esfrega tanto, mas ele é teimoso para sair. Assim são os nossos pensamentos infantis, nossos receios, as magoas e muitos outros pensamentos e sentimentos.

Organizar o meu tempo porque o dia passa e a sensação que fica é que não fizemos nada. Ou seja preciso prestar mais atenção no que ando desperdiçando ele.

E até mesmo policiar meus afazeres, criar uma certa rotina de deveres, porque quando traçamos metas fica fácil alcança-las.

Sem estratégias muitas das vezes empurramos o dia e outro dia e os meses e os anos e conclusão não conseguimos atingir nada do que almejamos.

Ah e  lembrar de ter tempo para cuidar de mim (risos) o que não é tarefa fácil para muitas mulheres, principalmente quando temos filhos, marido, cachorro, papagaio, piriquito….brincadeira!

Quero realmente fazer essa faxina, jogar fora as lembranças do passado, tudo que me disseram de ruim e que por ventura tenha guardado, as más companhias, tudo que não soma nada em minha vida a não ser na bagunça enorme que esta acumulada.

Me dedicar mais a Deus, porque não tenho dado o valor necessário ao Espírito mesmo sendo a coisa mais importante em minha vida.

E também esvaziar o meu ser, quando tudo estiver limpinho e terminado, ornamentado com Deus eu terei paz e sentirei o perfume da vida, tudo que os entulhos me impediram  de ver agora eu posso contemplar, terei paz, encontrarei aquilo que estava perdido a um tempão “eu mesma “.

Hum agora vou andar feliz e na pontinha dos pés para não sujar novamente minha alma e o meu interior!

Desistir ou Insistir ?

Image

Ah dias que parece que estamos só…

Que como a foto acima, você esta no topo de um abismo e sozinha…

Ah dias que você respira fundo para não chorar, não se desesperar e começa a lutar contra você mesma e os pensamentos que dizem que não vai conseguir…

Parece que todas as portas estão fechadas e existe um obstáculo gigante a tua frente.

Pois bem, diante destas adversidades só existem duas escolhas “parar” ou “continuar”.

Eu escolho por ir enfrente e acreditar mesmo que pareça que todo meu esforço é em vão.

Por que vou ouvir esta voz que me diz que não vou conseguir?

Poxa quando tomamos uma decisão que vai nos levar ao crescimento, começamos a receber pedradas por todos os lados, para nos fazer desistir, nos ferir, nos derrubar e colocar-nos para baixo…

Existe uma frase de Martin Luther King que gosto muito:

“É melhor tentar e falhar, que preocupar-se e ver a vida passar.

É melhor tentar, ainda que em vão que sentar-se, fazendo nada até o final.

Eu prefiro na chuva caminhar, que em dias frios em casa me esconder.

Prefiro ser feliz embora louco, que em conformidade viver”.

Muito legal e ao mesmo tempo verdadeira.

De que vai adiantar eu desistir? Sei que sempre que eu tentar acontecerá a mesma coisa novamente.

Sabe por que?

Por que não é fácil, se existem 10 pessoas que o isentivam á também 1000 que joga um balde de água fria.

Por mais que hoje meus problemas estejam me torturando eu não posso, não quero e não vou desistir, como tantas vezes eu o fiz.

Já perdi as contas de quantas vezes  na hora da dificuldade pedi ajuda e recebi aquela bela palavra: Não posso!

Mas um dia vamos  amadurecendo e apreendendo a contar com Deus pois é o único que nos diz: Vai avança eu sou contigo!

Por isso sei que mesmo que hoje esteja triste e preocupada com as pedrinhas que se põem em meu caminho, vou vencer! E essa certeza só eu mesma posso tirar de mim, quando escolho desistir de lutar e de acreditar.

Lembre-se:

Não importa quanta vezes caímos e sim quantas vezes escolhemos nos levantarmos!

Imagem

Mulher

Mulher

Somos uma obra prima criada pelas mãos de Deus.
Você já pensou nisso? Em algum momento Deus falhou em sua criação?
Não!
Ele lhe fez delicada, linda, inteligente, encantadora, dona de uma feminilidade sem igual, capaz de gerar vidas, persuasiva, determinada, administradora, e muitas outras qualidades.
Mas muitas das vezes você esquece destas maravilhas e se convence do contrário.
Não deixe que a vida ou as pessoas destruam essa bela criação!
Devido as tristezas e marcas da vida nós deixamos de lado o prazer de cuidar do nosso corpo, nossa alma e passamos a viver um dia após o outro. Priorizando tantas outras coisas.
Esse mal vai nos envenenando a ponto de roubar as nossa energias, nossa alegria e quando percebemos estamos entregues a uma série de complexos.
E onde ficou aquela bela mulher?
Aquela pedra preciosa lapidada pelas mãos do Criador?
Ela esta escondida embaixo de um casulo que foi confeccionando ao longo dos dias com todas as palavras negativas que as pessoas ou mesmo a vida foi desprezando em cima de si como se fosse uma lata de lixo. E hoje é assim que muitas se sentem.
Deixe-me dizer algo você é reflexo daquilo que esta dentro de ti!
Se seu corpo é luz você brilha como tal e essa luz ilumina as outras pessoas.
Mostre a sua beleza e para isso, você não precisa expor seu corpo ou sair com uma maquiagem pesada, ou um cabelo chamativo, a sua beleza é natural! É lindo apreciar uma mulher discreta.

Pense: Como você pode agir  para evitar que essas palavras negativas possam influência-la?

Nunca se esqueça você foi criada por um ser que é perfeito!!! Ele não erra nunca!

Sentimentos e Conflitos Interiores

Quantas não são as vezes que nos pegamos pensando, é um conflito interior tão grande que parece que vamos enlouquecer.  São cobranças e mais cobranças.

A cabeça diz:  Não é assim e o nosso coração vai se atire viva o momento…

Quantas não são as vezes que nos pegamos pensando, é um conflito interior tão grande que parece que vamos enlouquecer.  São cobranças e mais cobranças.

A cabeça diz:  Não é assim e o nosso coração vai se atire viva o momento…

E tudo que queremos é ser felizes!

Caminhamos a um passo de gritar e dizer CHEGA!

Calma respire fundo, sei que não é fácil! Deixamos nos envolver por tantos sentimentos e por consequência gritamos sem querer gritar, choramos, falamos coisas das quais não deveríamos falar somos uma bomba relógio prestes a explodir.

Mas sinceramente o que essas atitudes impulsivas vão nos acrescentar a não ser, deixar nos frustadas e arrependidas pensando não deveria ter agido assim!

Devemos calar esses sentimentos interiores, porque se o coração realmente pensasse ele estaria na cabeça e não no peito rs. Perdoe-me parece engraçado mas  é uma realidade!

Todas as vezes que tomei uma atitude pelo momento, baseada na emoção eu me arrependi depois. Seja no meu casamento, na vida financeira, na criação dos meus filhos enfim…

Devemos estar sempre atentas pensando antes de falar, observando se é o momento certo de colocar nossa opinião ou até mesmo se estamos fazendo isso da maneira correta.

Um exemplo disso é a frase: “Respeito não é algo imposto e sim conquistado!”

Acho que fala tudo essa frase.

Prova disto esta dentro da nossa própria casa quando uma conversa, gera uma discussão, que gera uma briga e que gera um desentendimento e as lágrimas vem, a raiva toma carona e lá esta nosso coração tomado pelo conflito e tristeza.

A arrogância espeta um pouco porque “eu” estou certa a outra pessoa é a errada e ela deve vir a mim pedir desculpas se não eu não vou!

Humm será que eu deverei ter mentido ao meu chefe para me livrar daquele problema? Ah mas era só uma mentirinha!

Será que eu vou conseguir…ai ai, será?

Eu amo tanto meu esposo mas será que devo ficar com ele, será que vale a pena?

Conflitos e não são poucos!

Mas você é quem escolhe vivencia-los ou dar um basta agindo pela mente não pelos seus sentimentos! Lembre-se é do coração que partem nossos maiores conflitos interiores.

 

Nós mulheres!

“Toda mulher deve ser amada
No dia-a-dia conquistada
No ser mãe apreciada
Na cama desejada
Na boca beijada
Na alegria multiplicada
No lar compartilhada
No seu dia festejada
Na tristeza consolada
Na queda levantada
Na luta encorajada
No trabalho motivada
No aniversário presenteada
Na alma massageada
Na beleza admirada
Na dificuldade ajudada
No cangote bem cheirada
Na vida abençoada
No mundo inteiro respeitada
E sempre que possível… abraçada!”

(autora desconhecida)